O Brasil quebrou!

Estamos em um momento crucial de nosso País. O que nós queremos para nossas futuras gerações? Um Brasil que ocupa a 60º posição em educação num ranking de 76 países? Um Brasil que fica em último lugar em saúde num ranking de 48 Países?

Para mudarmos isso, precisamos gerar riquezas suficientes para investir nestes setores. Mas o que nos impede de crescer e gerar riquezas suficientes?

Em primeiro lugar, precisamos começar a investir de maneira consistente em nossa infraestrutura. Tivemos um recuo significativo nos investimento de infraestrutura nos últimos anos e não ultrapassamos a marca insignificante de 1,5% do PIB, enquanto a média mundial foi de 5%.

Isso significou que nos últimos anos, em média, deixamos de investir algo em torno de R$ 200 bilhões por ano em nossa infraestrutura.

Somos um dos maiores exportadores de açúcar, soja, café, suco de laranja, minério de ferro, celulose, milho, e carne bovina; dependendo muito de nosso sistema rodoviário, ferroviário e portuário.

Na parte ferroviária temos apenas 3,4 km de ferrovia por 1.000 Km² enquanto nossa vizinha Argentina possui 13,3 Km² e os Estados Unidos 22,9 Km².

Se analisarmos nossas estradas, apenas 13% são pavimentadas.

Nossos portos precisam de um grande investimento para sua modernização, e nossa operação é muito ineficiente.

Portanto, para podermos mudar toda esta realidade precisamos de um GOVERNO mais enxuto, que realmente reduza suas despesas com gastos que não geram benefícios para nossas indústrias e população, como por exemplo o FUNDO PARTIDÁRIO e o FUNDO ELEITORAL que consomem por ano mais de R$ 2,5 Bilhões.

O GOVERNO precisa rever a necessidade de manter 152 empresas estatais que geram enormes prejuízos aos cofres públicos, além de serem administradas por indicações políticas e não por profissionais competentes.

Para mudar isso cada um de nós deve ter a consciência que não precisamos de um SALVADOR DA PÁTRIA e sim um ESTADISTA preocupado em levar o BRASIL a um novo patamar de desenvolvimento.

Somente nós, através da correta escolha de nossos representantes poderemos realizar esta mudança. A renovação de nosso CONGRESSO é fundamental para que o novo PRESIDENTE consiga fazer as mudanças necessárias em nosso País sem ficar refém das atuais lideranças.

Hoje temos a maioria do Deputados Federais e Senadores sendo investigados, o que não parece ser normal para qualquer País que queria se desenvolver.

Top
%d blogueiros gostam disto: